Foi com grande dignidade que o grupo de teatro que se deslocou a Turim, entre 10 e 17 de Maio, para participar no Festival Studentesco Europeo di Teatro Plurilingue, representou a Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, Almada e, em última instância, Portugal.

Ao longo dos dias que passaram em Turim, os nossos jovens souberam conquistar simpatia, apreço e respeito tanto pelo seu desempenho em palco - interpretando excertos de Fausto, de Goethe e de Huis Clos, de Sartre - como pelo tipo de interacção que desenvolveram com todos os seus parceiros.

O espectáculo final – uma nova versão de Fausto, interpretada pelos representantes dos vários países presentes no festival - foi uma prova de como o plurilinguismo pode funcionar harmoniosamente, com a coexistência de seis línguas em cena - italiano, francês, alemão, búlgaro, sérvio e português.

Brevemente será anunciada uma sessão para disseminação desta iniciativa e do impacto que ela teve nos participantes. Ouvir ao vivo os seus depoimentos, partilhar com eles as emoções e as experiências vivenciadas, deixarmo-nos conduzir na visita aos teatros em que trabalharam e à cidade que os acolheu, será a maneira mais autêntica de compreendermos por que consideram a viagem a Turim inolvidável.

Parti confiante. Voltei orgulhosa.

A todo o grupo e ao Carlos Melo, seu encenador, os meus calorosos PARABÉNS!

A todos quantos deram o seu contributo para a concretização deste projecto e/ou o acompanharam entusiasticamente: Goethe Institut de Lisboa, Escola - Conselho Executivo, colegas, encarregados de educação – Goethe Institut de Turim, Junta de Freguesia do Pragal, Junta de Freguesia de Almada, Sociedade Recreativa União Pragalense, Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, Universidade Nova de Lisboa - um agradecimento muito especial.

Lurdes Cruz

Posts Em Destaque
Categorias
Arquivo
Procurar por tags